• Projetos de Lei

    Projeto de Lei de Linguagem não sexista

    A nossa mandata protocolou o Projeto de Lei de linguagem não sexista na redação de documentos oficiais dentro da Administração Pública, como o poder legislativo, o poder executivo e seus órgãos.

     

    Isso quer dizer que, a partir dessa lei, será utilizado a flexão dos dois gêneros nos textos, feminino e masculino, como, por exemplo, Deputada e Deputado, ao invés do uso apenas no gênero masculino, e a não utilização do termo “homem” para definir pessoas de qualquer um dos sexos, e trocando por “homem e mulher”.

     

    É muito mais do que só uma letra ou uma palavra. A linguagem não sexista é uma forma contribuir para uma política de igualdade entre homens e mulheres e para a representação de mulheres em todos espaços, principalmente dentro da Administração Pública, algo ainda tão difícil.

     

    A falta de uma linguagem que nos represente é sintoma e, ao mesmo tempo, reforço de uma lógica de apagamento das nossas diversas existências!

    All Posts
    ×